Um hino dadaísta para o seu clube

Um hino dadaísta para o seu clube

O dadaísmo ou movimento dadá, foi um movimento artístico da chamada vanguarda modernista iniciado em Zurique na Alemanha em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, no chamado Cabaret Voltaire. Formado por um grupo e escritores, poetas e artistas plásticos, liderados por  Hugo Ball, Tristan Tzara  e Hans Arp. O Dadaísmo veio para abolir de vez a lógica, a organização, a postura racional, trazendo para arte um caráter de espontaneidade.

Um dos objetivos do dadaísmo era conseguir fazer com que as pessoas refletissem sobre o cotidiano, olhassem as coisas de sempre com novos olhos. Por isso, objetos comumente utilizados no dia a dia são apresentados novamente ao expectador, mas sob uma nova perspectiva, mas sempre fazendo parte de um contexto artístico.

Foi na literatura, porém, que o contrassenso e a espontaneidade alcançaram sua expressão máxima: no último manifesto que divulgou, Tristan Tzara disse que o grande segredo da poesia é que “o pensamento se faz na boca”. Como uma afirmação desse tipo é evidentemente incompreensível, ele procurou orientar melhor os seus seguidores dando uma receita para fazer um poema dadaísta, que nós adaptamos para você brincar com o hino do seu clube:

A partir da receita feita por Tristan Tzara, fizemos algumas adaptações para essa oficina de criação do seu hino. 

Pegue o hino do seu time do coração (não precisa ser o hino todo, pode ser só o refrão, o trecho que você mais gosta).

Pegue jornal ou revista, recorte palavras que contenham no hino do seu time, escolha as palavras do  tamanho que você deseja dar a seu poema. Se preferir pode imprimir as palavras ou reescreve-las no papel.

Pegue a tesoura.

Depois de recortar as palavras meta-as num saco.

Agite suavemente.

Tire em seguida cada pedaço um após o outro.

Copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco.

O hino se parecerá com você.

E ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público.

Temas