Perceber a cidade

Perceber a cidade

Prepare seus materiais e viaje com a gente nesta atividade que desafiará você a pensar, por meio de desenhos, no trajeto realizado para você chegar ao Museu do Futebol. E, se por acaso, você nunca foi ao museu ou não se recorda do trajeto, queremos que você pense em trajetos que fazem parte de sua rotina ou caminhos que você considera especial por algum motivo em sua cidade.

O objetivo desta atividade é incentivar você a observar o que está ao seu redor, não apenas nos aspectos físicos mas também nos sensoriais. Como os lugares que passamos estão intimamente ligados a nossas memórias e nossa identidade?

Vamos lá?

A preparação:

  • Pegue uma folha de papel do tamanho que preferir. 
  • Separe lápis e borracha.
  • Se quiser deixar seu desenho bem colorido, pegue lápis de cor, giz de cera, canetinhas, lantejoulas e tudo mais que tiver a sua disposição.

A partida e a chegada: 

Qual será seu ponto de partida? Sua casa, uma rodoviária ou aeroporto, sua escola ou outro local que preferir.

E o ponto final de sua jornada? O Museu do Futebol, a casa de um familiar querido, sua escola, algum parque ou mesmo um local que esteve poucas vezes e que marcou sua vida. 

Faça uma ilustração desses dois pontos na folha, de modo que seja possível colocar o trajeto entre eles. Sugestão: para dar asas à sua imaginação, desenhe o ponto de partida ou de chegada e, após desenhar todo o trajeto e os detalhes que serão apresentados em seguida, você desenha o ponto de partida ou de chegada que falta.

A inspiração para o trajeto:

Separamos algumas perguntas para você pensar e que podem servir como inspiração durante o desenho de suas percepções e memórias sobre o trajeto que escolheu:

  • Quais meios de transporte você utilizou para chegar ao seu destino?
  • Quais partes do trajeto lhe eram familiares e você passou – ou acha que passou – pela primeira vez?
  • Durante o trajeto, o que lhe chamou atenção visualmente? Casas, prédios, esculturas, avenidas, rios… 
  • O que lhe chamou atenção olfativamente? Cheiros gostosos, ruins, estranhos ou diferentes de tudo o que havia sentido. Como você conseguiria ilustrar esses cheiros que marcaram seu trajeto?
  • Quais foram suas sensações e sentimentos ao passar por esses lugares? Felicidade, medo, esperança, cansaço, amor. Tente ilustrar isso.
  • Por último e mais importante: como ilustraria as pessoas e animais que passaram por você durante este trajeto e chamaram sua atenção? E que tal ilustrar você e quem estava com você durante este percurso?

E aí, como ficou sua obra de arte?

Nossas memórias e percepções sobre o mundo que nos cerca podem ser estimuladas por meio de um simples desenho. Procure observar mais o que está ao seu redor e perceber caminhos, lugares e pessoas que passam pela sua vida por anos ou, as vezes, em um único momento a caminho do Museu do Futebol ou de qualquer outro lugar.  

Os próximos passos:

Agora que já fez seu desenho, que tal apresentá-lo para alguém? Seus familiares, amigos ou alguém que você imagina que gostaria de dialogar sobre sua perspectiva sobre o trajeto que escolheu.

Quer expandir ainda mais seus diálogos? Publique seu desenho nas redes sociais e marque o #museudofutebol e a atividade #perceberacidade. Ficaremos muito felizes em conhecer seu trajeto e seus olhares para nosso mundo.

Temas